O importante papel do atendente de farmácia na saúde do cliente

atendente de farmácia

Você sabe qual é a função do atendente de farmácia?

O atendente ou balconista é o profissional que cuida, sob orientação do farmacêutico, da dispensação de medicamentos, correlatos e perfumaria de drogarias e farmácias, públicas e/ou privadas. Além disso, possui a função de orientar os clientes no uso correto destes, exercendo um papel de extrema importância e responsabilidade na eficácia do tratamento.

No panorama geral da saúde pública brasileira, temos uma forte participação destes estabelecimentos como mantenedores e recuperadores da saúde da população. Decorrente de uma série de fatores como o alto custo dos planos de saúde e a deficiência do Sistema Único de Saúde (SUS), com sua extensa demora no atendimento e estrutura escassa, o brasileiro, muitas vezes, opta por recorrer às farmácias para seu auxílio imediato.

Atendente de farmácia e a pandemia

Diante dos acontecimentos sobre o novo Coronavírus e a pandemia que se instalou sobre o mundo, farmácias e todos os profissionais que nelas trabalham têm reforçado a importância de ser o suporte aos profissionais hospitalares, funcionando como triagem dos pacientes com sintomas graves e tratamento em casos simples, fazendo com que tenhamos uma vertente valorização dessa categoria, sendo reconhecida, inclusive, como profissional de saúde e não apenas do varejo.

A confiança do cliente dentro da farmácia

A grande dificuldade se encontra no vínculo de confiança cliente/atendente. Os clientes tendem naturalmente a confiar mais no farmacêutico do que no atendente, pelo conhecimento técnico da profissão; o que não seria um problema propriamente dito se não fosse, no entanto, a quantidade de farmacêuticos por farmácia. A realidade varejista conta, na sua maioria, com apenas um farmacêutico por turno, ficando este propenso a cuidar muito mais de questões técnicas referentes à sua função do que do atendimento ao público, necessitando, assim, de um cargo suporte – o atendente – para dar vazão às necessidades de cada cliente.

O atendimento ao público no varejo geral tem características únicas, como perfil de cliente, relacionamento com a marca, percepção de preço e compra por impulso. No varejo farmacêutico, deparamo-nos com características de atendimento mais humanizadas, como, por exemplo, pessoas com diagnóstico recente de doenças críticas, ou aquelas que fazem tratamento contínuo de uma enfermidade crônica e que baseiam suas compras no vínculo com o profissional. Portanto, o desafio está na necessidade que o cliente de farmácia demanda, uma vez que a orientação deste profissional complementa o tratamento e influenciam na saúde do cliente, exigindo maior responsabilidade.

Por isso, resumir esse profissional somente ao termo “balconista” é injusto, já que a contribuição que exerce é muito além de apenas o da “entrega” de medicamentos no balcão, está muito mais aliada à solução de problemas e à melhora da qualidade de vida das pessoas.

Por Drª Loraine Firmino
Farmacêutica e consultora de treinamentos farmacêuticos.

 

Se você é um atendente de farmácia e quer se desenvolver, conte com a Priorize para te ajudar nisso! Entre em contato conosco e saiba mais sobre nosso curso EAD “Formação de atendente de farmácia”.

Conheça as soluções da Priorize Gestão!

Categorias

RH

Materiais

Planner 2020

Planner 2020

Para auxiliar na definição e acompanhamento das suas metas a cada dia, semana e mês, preparamos um Planner onde você encontra também as principais datas festivas e do varejo.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Posts relacionados

Fale conosco!
Fale conosco!
Quer crescer na sua carreira como atendente de farmácia?