Gestão de equipes: o que é e quais as boas práticas?

Gestão de equipes: o que é e quais as boas práticas?

É muito comum que a gestão de equipes seja associada à atribuição de tarefas, mas será que só significa isso? Em um cenário de diversidade, os desafios da liderança vão além da entrega de resultados: também passam pela gestão de pessoas.

Entenda, neste conteúdo, o que é gestão de equipes e quais são as principais boas práticas envolvidas no processo!

O que é gestão de equipes?

Fazer a gestão de equipes é saber conduzir pessoas para que os melhores resultados possam ser alcançados. Requer o alinhamento estratégico da liderança com as diretrizes da empresa, além do comprometimento com cada um dos colaboradores.

Isso significa que o gestor deve supervisionar o cumprimento de normas e procedimentos assim como garantir que as entregas sejam realizadas dentro do prazo estabelecido.

Para alcançar os objetivos propostos não deve apenas delegar tarefas, mas trazer para o cotidiano empresarial boas práticas como humanidade e motivação. Ou seja, ir além das exigências da liderança no cotidiano empresarial.

7 boas práticas que você precisa conhecer

Para garantir excelência na gestão de equipes é preciso ir além das competências essenciais para a entrega de resultados. Gerir equipes com eficácia é agir com empatia, escuta ativa, persuasão e relacionamento interpessoal. Entenda como fazer gestão de equipes de modo assertivo a seguir!

Busque autoconhecimento para liderar com eficácia

Para liderar uma equipe é preciso conhecer as próprias habilidades e também as dificuldades. Essa é a maneira mais fácil de desenvolver a empatia pelos demais.

Quando um líder conhece a si mesmo consegue olhar para os seus colaboradores com maior compreensão e menos julgamento.

O autoconhecimento é uma via de mão dupla: ajuda o gestor a entender quem ele é e também a compreender melhor seus liderados. Uma forma de estimular o potencial de cada um e, com isso, maximizar resultados.

Procure entender cada pessoa que faz parte da sua equipe

Uma gestão de equipes eficiente exige um profundo entendimento sobre os subordinados, como metas, sonhos, perfil profissional e principais competências. Isso porque construir uma relação eficaz com os subordinados contribui para o aumento da motivação e da produtividade como um todo.

Defina os processos e compartilhe objetivos

A falha de comunicação passa longe da gestão de equipe de alta performance. O motivo? O líder define os padrões a serem seguidos de modo claro e demonstra abertura para o diálogo com os seus subordinados.

Compartilha objetivos e valores para que toda a equipe possa estar na “mesma página”. Também mostra a importância de cada colaborador para que os resultados positivos sejam conquistados

Aprenda a motivar

Bons líderes são conhecidos pela capacidade de extrair o melhor de seus funcionários. E isso ganha um peso ainda maior em tempos de crise, quando contar com uma equipe comprometida e motivada faz toda a diferença!

No entanto, o estímulo à motivação deve ser diário e isso pode ser feito através do diálogo aberto e, claro, do reconhecimento.

Saiba separar o profissional do pessoal

Quando não existe separação entre assuntos pessoais e profissionais geralmente ocorre uma queda de desempenho. Com a baixa produtividade, até mesmo conflitos podem surgir e o clima organizacional ser prejudicado.

Então, as questões sentimentais não podem interferir nos resultados do negócio e o gestor precisa separar bem as coisas.

Promova o engajamento da sua equipe

Colaboradores engajados se dedicam a realizar todas as tarefas que lhes são incumbidas. Então, é missão do gestor de equipes saber como estimular o engajamento e valorizar seus colaboradores.

Incentiva a colaboração e a participação de todos para a potencialização de resultados em diferentes áreas. Pessoas engajadas trabalham com confiança e representam efetivamente a empresa.

E nunca se esqueça que os seus colaboradores também são seres humanos

Um gestor que conta com autoconhecimento entende que não existem funcionários perfeitos. Por isso, não trata ninguém como número ou máquina. É um líder eficiente porque reconhece que todos são seres humanos e estão suscetíveis a erros. Então, precisam ser respeitados dentro de suas próprias individualidades.

Assumir a gestão de equipes é estar atento aos resultados, mas também à qualidade de vida de seus colaboradores.

Saiba mais como a Priorize Gestão pode te auxiliar na Gestão de Equipes com o Treinamento para Equipes!

Conheça as soluções da Priorize Gestão!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Posts relacionados